17 de agosto de 2017

João Quadros, fio..

Entre o último post da PP  [sobre quem dá a cara, goza, expõe, ameaça & pardais ao ninho, muito em particular se te concentrares no facto de no post anterior estar exactamente e mais uma vez a expôr privacidades alheias, sem sequer  falarmos do que já expôs e ameaçou, abrilhantado com a novidade  "códigos técnicos " dos emails e avanços tecnológicos no geral], a candidatura da Ágata e aquela caixa de comentários da picante que já estava um primor que eu sei lá, tendo todavia melhorado substancialmente com a intervenção do elemento "Corvo", tinhas material pra pelo menos 48h de stand up, non stop. Mas não, mas não. Insistes em ser o palerma do costume e personalizares as tuas frustrações políticas com ataques pessoais à Srª Laura e ao seu cancro, repetindo-te, exactamente em todas as vertentes que um palerma dispõe para o efeito,  demostrando mais uma vez que de humor percebes é uma merda. 
És tu e os acima mencionados em mãos com os seus rame-rame descolhoados, é o País a arder, e é uma pessoa a querer contrariar estas evidências pelo menos durante as suas férias 5 estrelas banhadas a platina, desfrutar da magnificência que uma montanha tão bem desenhadinha e por motivos de um deus maior colocada num ângulo tão perfeito mesmo à frente  das suas  córneas, desvia-las por mor de se pôr a par dos últimos acontecidos, repô-las de onde concluiu nunca deveriam ter saído, e perceber que já lhe falta um bocado, PORRA!, em virtude de o 'parigo de fato de banho azul marinho já não lá estar sabe-se lá porquê, que é o mesmo que dizer-se que alguém roubou o cume à minha montanha, CARAÇAS!,  restando-me somente uns quantos elementos a fazerem sopé.  Daqui a molhinho vou à vila a ver se encontro um pendant qualquer a fazer com a  bula do meu medicamento prás flatulências ( acho que é por causa do mês, em Agosto já se sabe que o Algarve provoca disto) e espero bem encontrar algo giro, na moda, inovador. É que espero mesmo bem! Canão tenho mesmo que dar este dia por arruinado, e, logicamente, uma vez encontrados os culpados, nada mais  a acrescentar que não o meu bom e  velho "pró caralho é masé. Todos. "

Até estou com uma pontada nas costas, credo, que desagradáveis!

8 comentários:

  1. Portanto, em suma, sobre ti, sobre algo teu, um pensamento não consegues, tens sempre que correr "meio mundo" (passo a expressão, ou não) para escreveres. Falei em ti, muito gostas tu de mim...sim e eu estou aqui , porque olha tenho pena dos coitadinhos , sou como tu, quando me dá para fazer o bem...

    ResponderEliminar
  2. Se o Algarve não presta, não vás!
    Vai antes para o gelo , a casamentos onde conheces bem o noivo, olha que a loira é bem gira, mais do que tu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pá, ó PP, tens mesmo que entender e aceitar as limitações alheias, vale?
      Ando imenso a tentar um pensamento meu, até já experimentei recorrer às palavras que o meu tel me oferece a fim de compor um texto sequer parecido com os teus, em que fale do amor, e do peito, e de ti, e de tu, e de nós e a praia, enfim, assim algo como o que tu deves ter naquele livro que ainda não se sabe o nome, mas está publicado, e não consigo...:(
      O talento não é pra todos.

      Eliminar
  3. Agora adita isto ao processo, eu já o fiz.

    ResponderEliminar
  4. Só li a primeira frase, tens de? eu?
    ah ah ah ah ah ah ah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andas obcecada coom o processo, melher... Calma! Não há-de ser o fim do mundo, caramba...
      Porque caraças eu havia de aditar isto a um processo já por si ali todo catita, hum? Quando muito a pessoa que referes naquele post é que te punha com (mais) um às costas, né?

      Olha, digo eu, penso que, julgo, é só uma ideia, que é por só leres as 1ªs frases de tudo, que nunca entendes nada...

      Ora pensa lá nisso, a ver se te pediram mesmo por "códigos técnicos" de alguma coisa. Xim?

      Pronto, cá abraço.

      Eliminar
  5. Se nem um livros encontras, fará escrever :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Né..? :))))

      Estou contigo.
      Agora vou ter que ser rápida, que está na hora da tal medicação. (Isto acontece com alguns algarvios também, sabes? Bastante estranho..)

      És uma escritora muito sui generis, pinketa... tu não queres vender! Imagine-se. Obras semelhantes às da envergadura das que lavras ali no teu coiso, potenciais pulitzers, e tu nada. Aí, nessa humildade. Eheheheh.. malandreca.:))

      Quase que me esquecia... Papai, continua sem colesterol? Espero que sim.

      Eliminar