segunda-feira, 1 de maio de 2017

Ai que sódade que eu tinha da bloga

E de confirmar que há tanta mas tanta gente que tinha aproveitado tão melhor esta época de feriados se tivesse optado, por exemplo, por grafitar coisas, que assim  pelo menos alguém, entre leitores e autores, teria experimentado um rush de adrenalina que fosse, se não por mais nada, por ter a bófia em seu encalço. Ou então faziam como eu, que, convidada a conhecer o verdadeiro conceito de "o amor e uma cabana" lá fui e adorei pacas, mesmo que os ensinamentos tivessem  sido, por variadíssimas vezes,  interrompidos devido à necessidade  avassaladora de ter eu que sacar da mala o meu fato de ninja ( que como é de elastano ainda me serve, benzó deus), em virtude da inesperada guerra a nós declarada, por parte do mosquitame, filhos de uma puta. Era um castigo pra depois me acalmar, sabem lá, nem um shopping por perto, nem merda nenhuma que se prestasse ao que ouvi num filme e  gostei tanto bordei na minha energia vital " uma mulher bonita não chora nem faz fitas: vai às compras", e nem com o argumento REPELENTE PRECISA-SE URGENTE, vi as chaves do meu carro. Foi  por um triz que não me pus à boleia de modo a regressar a casa, não fosse aparecerem-me croissants recheados de sei lá o quê pra lá de bom, e outros acepipes, à frente do meu nariz após cada reclamação, e mesmo sem reclamar, que haviam de ver com quantos paus de faz uma canoa. Ninguém manda em mim. 
(A não ser cozinhem muito bem, tenham uma pachorra monumental pra me aturar, saibam fazer cacau quentinho e preparar banhos de imersão, que aí sim, vá, uma 'ssoa concessiona, porque também carago, temos que ser uma beca flexíveis. Sobretudo se há aquilo e ainda uma adega).  

  
Bom, éniueis, passei por aqui hoje somente para dizer que acho que, penso que, é a minha opinião, digo eu, tenho direitos logo exerco-os e etc,  ser este  dos melhores - se não o melhor - humorista da nossa actualidade, e aqui deixo um exemplo do porquê da minha conclusão: 

WORKSHOP DE FACEBOOK PARA SÉNIORES
Olá, sénior. Tudo bem? Parabéns pela decisão de entrada no mundo da web 2.0 com um atraso de 10 anos. Tudo bem, porque nunca é tarde para nos querermos manter a par do que esta juventude anda para aí a fazer "nisso dos computadores". Neste mini-workshop que preparei para ti, irei cobrir algumas das questões que deverás fazer a ti mesmo antes de esbardalhares esses dedos enrugados por uma vida inteira de trabalho que te trouxe uma reforma miserável, com vista a maximizar a tua experiência online e passares despercebido junto dos teus, ao invés de deixares todos aterrorizados com uma notificação tua. Assumindo que o teu neto já pôs o wifi a funcionar e que sabes usar um teclado e um rato, vamos pôr mãos à obra.
1) Fotos tipo-passe. Haverá outro tipo?
Sim. Existe mais que um tipo de fotografia de perfil sem ser a olhar com cara de c#na de sabão para a webcam, mas parece que o pessoal de mais idade tem uma predilecção estranha em usar estas fotos. Sorrir não custa.
2) Tecla do caps lock. É possível desligar?
É sim. Escrever em maiúsculas é indicador que estamos a gritar. E se bem que os teus netos já tenham de dar dois berros aos ouvidos para se fazerem ouvir, não há necessidade de nos vingarmos deles na mesma medida com "OLHA ANA ESTÁS MUITO BONITA O TIO ESTÁ BEM TENS DE LIGAR PORQUE A TIA TEM SAUDADES E TAS MUITO BONITA BEIJOS DO TIO". Tudo bem que eles são uns merdas que só ligam na altura das festas, mas família é mesmo assim. Há que ter calma.
3) Jogos do Facebook. Posso pedir vidas?
Sénior, em tempos, todos jogávamos a essa merda. O problema é que a coisa saiu de tal forma fora de controlo, que se tornou em algo completamente irritante e estúpido. Queres jogar? Força. Não nos leves para o passado contigo. Ninguém, e vou repetir, NINGUÉM joga Farmville. Não peças ovelhas a ninguém ou palha ou lá que merda isso agora obriga a pedir. Joga ao Minas, f#da-se!
4) Likes e comentários. Tenho mesmo de interagir em tudo?
Não. Vou repetir, sénior: NÃO. Lá porque o teu neto/neta meteu o último som dos Foo Fighters, não é motivo para ires comentar "OLHA ANA ESTÁS MUITO BONITA O TIO ESTÁ BEM TENS DE LIGAR PORQUE A TIA TEM SAUDADES E TAS MUITO BONITA BEIJOS DO TIO" (ver ponto 2). És fã da banda de Dave Grohl? Ok, faz um like. Comenta algo tipo "ganda som, neto. No meu tempo só tínhamos Carlos Paião!". O pessoal até pode achar piada em ver um jarras com bom gosto musical.
5) Fotos do meu filho/filha/neto/neta/sobrinho. "Ah, mas estás tão giro!".
Sim. Nós achamos os nossos sempre giros, mesmo quando o "nosso" meteu uma foto dele no Urban com uma badalhoca de primeira apanha. Não creio é que o "nosso", ache muita piada em ver a avó/avô a tecer comentários género "OLHA ANA ESTÁS MUITO BONITA O TIO ESTÁ BEM TENS DE LIGAR PORQUE A TIA TEM SAUDADES E TAS MUITO BONITA BEIJOS DO TIO", principalmente se a foto nem for da Ana e ela foi marcada pelo gajo que a comeu no Urban.
6) Entrar a meio dos comentários da neta/neto/filho/filha/sobrinho/sobrinha e querer "ser da malta".
Tirando algumas raras excepções (a minha mãe FYI), é por vezes complicado perceber o que é sarcasmo e ironia num saudável bate-boca nos comentários de Facebook entre amigos. Pode ser que "oh minha grande vaca" e "meu nilas", não seja para ser levado à letra, ok sénior? E de nada ajuda escrever "MINHA GRANDE VACA ES TU OLHA ANA ESTÁS MUITO BONITA O TIO ESTÁ BEM TENS DE LIGAR PORQUE A TIA TEM SAUDADES E TAS MUITO BONITA BEIJOS DO TIO". Deixem os gaiatos brincar!
Sénior, interioriza uma coisa: todos te queremos cá. Caso contrário, não tínhamos aceite o teu pedido de amizade. Se te foi concedida a honra de presenciar o pior/melhor que o teu neto expõe ao mundo, respeita isso.
Happy Facebooking!
Marquem os vossos pais/avós <3
P.S: Mãe, não te vou mandar vidas do Candy Crush. Pára com essa merda!




Ps: Óbvio que está a anos luz do Passos Coelho e outros humoristas políticos, mas levai em consideração que o gajo é puto. Lá chegará. 



Sem comentários:

Enviar um comentário