28 de dezembro de 2016

"Uma fotografia, uma história" ou o insustentável peso desta merda toda.

"11 fotojornalistas da Reuters olham para o ano que agora acaba e contam as histórias de 11 fotografias que marcam 2016.(...)"a a uma pedra junto às obras. Passava nove horas por dia presa, descalça, com temperaturas que chegavam aos 40 graus. A mãe disse não ter outra opção senão amarrar Shivanieomarido trabalham para


"Estava a fotografar a em Ahmedabad [Índia] quando vi trabalhadores a puxar cabos eléctricos”, conta Amit Dave. “Filhos dos trabalhadores brincavam à beira da estrada, mas havia uma criança que estava sentada sozinha. Shivani, de quinze meses, estava presa a uma fita de plástico que a mãe tinha enrolado no tornozelo da menina, amarrada a uma pedra junto às obras. Passava nove horas por dia presa, descalça, com temperaturas que chegavam aos 40 graus. A mãe disse não ter outra opção senão amarrar Shivani enquanto ela e o marido trabalham para ganhar algo como quatro euros por turno”. “Amarro-a para que ela não vá para a estrada”, explicou a mãe. Os patrões fecham os olhos: "Eles não se importam connosco ou com os nossos filhos, só estão preocupados com o trabalho."REUTERS/AMIT DAVE



Sem comentários:

Enviar um comentário