5 de dezembro de 2016

Um fds depois...

1 . Fiquei a saber que a adrenalina é tão boa, tão boa, que parece que substitui até os feitos de um bom creme, e é nesta conformidade que decidi acrescentar à minha wishlist o bungee jumping, expectante de  que, caso volte ao ponto de partida, volte toda borradinha mas 20 anos mai nova. 

2 . Confirmei a minha tese de que uma vez puta, pra sempre puta. Mesmo que eventualmente se digam casadas lá cos seus hipotéticos manés, certo é que não há poça onde não chafurdem, sendo que não perdoam, sofrendo amargamente do síndrome da mulher rejeitada, aquando da eventualidade de haver um homem que não lhes ache piada, padecendo, este, naturalmente, de um mau gosto catastrófico. 

   a) - Tudo o que se escreve na internet será indubitavelmente sobre elas, se houver algum pormenor que se lhes escape à compreensão, cagaram - que aquilo deve ter sido o autor do texto que se distraiu - terminando recorrentemente seus mimosos comentários com alguma referência à vida sexual do dito. Ou seja: todos os que não lhe passarem a mão p'lo pelo, têm seguramente um problema daquele foro (o que é grave, mais valia sofrerem da vesícula) e transbordam  ódio. Ponto. Pelo que se torna perfeitamente plausível que  terminem as suas observações com mensagens de paz, tais como "fode-te pá!", ou "morre!!", ou ainda - caso o post fale de uma petiza de 6 anos a passar por radioterapia - "Tu mereces!".  (Como fazem as fadas do Bem).

  b) - Não gostam de julgamentos, embora julguem. É como se sentissem geneticamente herdeiras da Mª Madalena, e estivessem ali em posse de algum direito conseguido por consequência a uma pedrita ou outra a ela atirada, antes de aparecer Jesus Cristo a acabar ca brincadeira "Eish! parou tudo, deixem a mulher em paz, 'bora lá às bejecas é masé! Lá porque ainda não apareceram os telhados de vidro, não quer dizer que nãos os tenham, seus bobos!". 

3 .  O significado de "fasquia" nos dicionários, está incompleto. Falta lá a especificação  de que o termo também se pode aplicar à quantidade de terrenos que um cidadão pensa vir a possuir/herdar, após os actuais proprietários baterem as botas.  Uma fasquia alta, pode ser porque "a minha família tem lá umas terras", por oposição, portanto, a "a minha Família ensinou-me ..." isto ou aquilo. Afinal, convenha-se, uma pessoa com terras herdadas tem logo outro élan, mesmo que continue a ser a mesma merda: O tempo verbal muda de futuro, pra pretérito perfeito, isto não é pra todos.  


4 . Podem perfeitamente ter amizades intimas online, às quais  denominam  de "amigos" ou "soulmate". Às offline chamarão "vizinho em apuros", e é tudo na base da dádiva e do bem querer e só porque sim, por identificação de áureas, ou isso.  Já se um outro mortal as tiver, será porque se envolveu de formas mais, vá,  perniciosas, e isso, ladies and gentlemen, moralmente tem lá os seus quês. Maneiras que, e por consequência,  também, as suas reservas, sendo que é aí que elas murmuram huummmm... hum, hum! Ai, ai!, o que acontece imediatamente antes do que se lhes afigura como um assunto de severa cogitação, por motivos de se lhes balançar a ... pois, lá está.. a "moral". 





Sinto-me exponencialmente mais sábia. (Embora me doa um bocado a cabeça).   









5 comentários:

  1. Esse exército, está compostinho ou quê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

      Opá, ainda me falta palmilhar a bloga chinesa, pra deixar lá comentários sobre outros. (A ver se o imperador que mandou fazer aqueles em terracota, não se incomoda muito que eu os alugue por um cochezinho).

      Eliminar
    2. Aqueles não. Aquele. Exército em terracota.

      Eliminar
  2. Já viste o que se aprende por esta bloga fora? Andávamos na escuridão e nem sabíamos... faltou-te aí referir a velocidade estonteante com que se passa de besta a bestial, fico pasmada com a rapidez com se fazem, desfazem, e refazem-se as grandes e genuínas amizades virtuais! Estou deveras maravilhada :)))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Upa, upa!:))

      E ó que isso é praticado o ano inteirinho, mai linda, que "Natal é quando o Homem quiser". (Ou uma puta, tanto faz. Nestas merda os dizeres são bué da generalistas).

      Eliminar