16 de setembro de 2016

Aquelas alturas

em que tudo avaria e uma pessoa sai de casa a correr pra voltar a correr porque  às x horas vem o sr. do arranjo A ai espera... já não vem depois telefona o do arranjo B a dizer que a peça tem que ser encomendada e o do arranjo C está no trânsito já não sabe se vai dar pra hoje parece conspiração carago uma pessoa já no desespero levanta os braços aos céus e berra A SÉRIO?! mas afinal o do arranjo A sempre pode vir e abrimos a porta e damos com isto


TAU! assim a frio exactamente igual igualinho uma gaja até fica trôpega quase que desmaia e tudo caraio e depois dá por si a pensar com os seus botões:

-Sa fo-da. Perdida por cem perdida por mil. Ora 'xa cá ver o que é que se pode estragar mais aqui, mas assim em bastante, muito, hiper, supé urgente. 




10 comentários:

  1. Mais novo do que tu uns 15 anos, toca a abrir a pernoca!!!

    ResponderEliminar
  2. A sério que nessa cabeça preconceituosa o que acabaste de dizer faz sentido? Vergonha alheia, muita vergonha alheia, é só o que sinto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta, não lhe digas mais nada por favor, que a coitada está a surtar de novo, tarda nada é internada.

      Resolvi aprovar alguns dos comentários que ela tem deixado por aqui, para, além do óbvio, eu depois poder fazer um post a dar a entender que estou em risco de suicídio (assim como aquela moça italiana que se suicidou devido ao video lá com cenas íntimas que a besta do ex namorado pos na net), derivado das tantas perseguições on line de que sofro. Porque, assim como a desprovida, agora também dei em aproveitar-me de todas as situações dramáticas que se passam neste mundo, revertendo-as em meu próprio interesse.
      A seguir vou forjar uns comentários anónimos, à laia de exemplo, a chamar-me muitos nomes, e depois vou falar da reinserção social, do quão injustas são as pessoas, e, como exemplo dessas injustiças, vou falar do Dúvidas Cor de Rosa, que já foi imensamente injusto para com uma prostituta que, já, supostamente, não estando em funções, lá deixou os seus valores, sendo que o resto dela continua muito a lá querer estar, coisa que demonstrou desde o dia 1 com que batemos os nossos olhos naquele pardieiro.

      O aglomerado de letras que ela ali deixou, é sintomático disso mesmo. "Toca a abrir a pernoca", deve ter sido o que se disse quando se inscreveu no tal site, talvez o que se disse sempre, até sucumbir à tentação. Hoje, curiosamente, envergonha-se da talvez a única coisa que fez na vida, de forma a ganhar uns trocados, por intermédio do escasso e único valor que tem.

      Vá lá uma pessoa perceber estas cenas.

      Eliminar
    2. Bem ò Isa, que raio de ideia a tua, 15 anos mais novo. Onde já se viu!??
      Foda-se. E depois falam de preconceito e mais o caralho. Que bipolaridade do caraças, porra.

      Eliminar
    3. Tento sempre ver estas coisas pelo lado "copo meio cheio", pá..
      Eu sou a gaja que vê a bosta e pergunta pelo cavalo, de modos que é assim:

      - Quem diria que neste lindo patamar da idade em que me encontro, não só não tenho que inventar um casamento, como tenho filhos, e ainda posso escolher, de entre um lindo degradé de faixas etárias, com quem me relacionar, hum?:P

      (Se aquilo é bipolaridade, ou não está a a ser devidamente controlada, ou há ali muita pastilha à mistura. Para mim, penso já ter deixado bem claro que creio ser putice encefalomedular, e mai nada).

      Eliminar
  3. Francamente, Isa, não te envergonhas?! Se eu fosse a ti, fechava-me em casa, agarrava no pc, corria os blogs de pornochachada a eito a gritar aos 4 ventos o quanto sou boa na cama, e depois os mais curiosos que quisessem saber mais, explicar-lhes-ia por e-mail com fotos ilustrativas, podes ter a certeza que caçaria macheza de todas as faixas etárias para jantares bem bons, isto sempre com a aprovação do maridinho, claro! Isso é que é de valor :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que boa ideia! Isso tudo, e jantares bem bons com personagens que tenho pra mim serem inexistentes, sob o olhar aprovador de um marido também uma beca pró nulo...

      Mais uns suspiros e ficava igual à personagem sem eira nem beira, que afirma coisas absurdas como as que abaixo reproduzo, sem um pingo de noção de que é por estas e por outras que pode muito bem ir parar à xoldra ..


      DE I'M PINK AND I'M ALWAYS ENOUGH. A 16.09.2016 ÀS 23:21

      Melhor exemplo não há: no blog duvidascor-de-rosa aqui no Sapo, a dona do blog pôs as suas amigas todas a chamarem-me nomes , sem nenhuma dela (vá uma) ter trocado uma palavra comigo na vida. Há dias fui ao blog de uma pedir satisfações e ela ficou admirada que não havia falado e afins, e eu disse que sim, falou no blog da outra.
      Ou seja, não me conhecem, não sabem como sofri o que sofri, apenas sabem que fui acompanhante e sou uma puta (casadinha há 6 anos hã?)

      DE I'M PINK AND I'M ALWAYS ENOUGH. A 16.09.2016 ÀS 23:23

      Chegam à loucura de gozar com o meu marido e no dia seguinte dizerem que eu estou sozinha, que ele é imaginário

      DE XXXXXXXXXXXXXXX A 17.09.2016 ÀS 17:41
      Ui...situação delicada :s
      Nem sei o que deva dizer :\


      DE I'M PINK AND I'M ALWAYS ENOUGH. A 17.09.2016 ÀS 18:45
      Não digas nada, conheço uma senhora que é perseguida por essa gaja há 6 anos. blogar nao é perseguir...

      Eliminar
    2. ( e sim, xoldra, com um x. Porque eu quero)

      Eliminar
  4. Cuidado comigo, han? Persigo-vos a todas que até andam nas horas!

    ResponderEliminar