31 de agosto de 2016

"O meu vestido de Cinderela"

- Ó Mãe!! O que é que está ali a fazer o meu vestido de Cinderela??
Diz a cria de'olho muito aberto, olhar repreendedor, a atentar-me os nervos, quando está uma gaja a meio de limpezas de cariz trácico, toda a transpirar. E ela nisto.

- Não se percebe perfeitamente que está a apanhar ar, opá?!
Digo eu, já ca tampa em ebulição.

- Ahhh bem.. pensei que o fosses dar...
Diz ela, armada em parva.



"Dar". Até me doeu a alma. Mas relevei, que ambas têm um certo trauma de quando me ponho em arrumações aos armários, maneiras que desta vez passou. Como se alguma vez eu tivesse sequer considerado a ideia de dar os entos fatinhos que lhes fiz, com a preciosa ajuda da Avó (foi ela que costurou este, eu idealizei e enfeitei, sou supé boa a idealizar cenas), quanto mais não seja, para os poder sacar de suas caixinhas, em tempos futuros,quando na eventualidade de não me quererem mudar a fralda ou assim, e dizer:

- Ingratas! INGRATAS! Andei eu a fazer-vos fatinhos de anjo, horas a fazer as asinhas, um dia tu, sim, tu! Até foste de lápis e só os deuses sabem o que me custou a imaginar e fazer aquilo, até fiquei ca casa-de-banho toda verde de tingir aquela merda toda, já foste de passarinho, hã, a tua Avó fez a base, que era um macacão, e eu passei DIAS a recortar penas, daquele papel engelhado, em AMARELO, e a cose-las à porra do fato, e tu, outra - olha pra mim quando falo contigo, ó gaja!- que já foste de índia, carago, palmilhei Lisboa inteira à procura dos adereços, já foste de anos 30, a tua irmã de dama romana, ou lá que merda era aquela, e isto assim de repente, que há muitos mais, põe uma 'ssoa filhos no mundo pra isto, foda-se, 48 horas de parto pra uma e 24 prá outra, 16 pontos de cada uma aqui no meu corpitxo, e é esse fuzué todo por causa de uma porra de uma fralda, suas grandes parvalhonas?! 





(Ehehehehehe ...Tenho isto tudo bué da  controladinho. Olé se tenho).   

13 comentários:

  1. Eu sei que era carnaval mas jura que deixaste a miúda sair assim de casa?!



    (Pronto, pronto, estava a brincar. Se quiseres até te faço um elogio "comá" Filipa??)



    Deixaste? Mesmo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que não estejas a criticar o design desta maviosa obra, que me custou os olhos da cara e montes de tules, cetins e florzinhas, que ainda me vou ao servii Vista Alegre e parto-o todo.
      Não só a deixei, mesmo, como tenho uma série de fotos que o Pai lhe tirou, todo deslumbrado.
      Não foi no carnaval, mas numa festa da escola, quando ela tinha aí uns 4 anos, ou assim.

      Olhágora...

      Eliminar
    2. O design.... ahahahhaha
      Pronto, já parei. Era um lindo vestido de princesa. Guarda lá o Vista Alegre não vá fazer-te falta se algum dia resolveres ser costureira. ;)

      Eliminar
    3. Costureira já sou, Anastasia, faz parte das minhas multifuncionalidades...:))
      (cadinho estranha, essa relação Vista Alegre/costureira, hã?.. mas hey.. se todos podem, porque não tu, né?)

      Hás-de vestir-te de Cinderela pra depois a gente conversar sobre design, 'tá bem?


      Dá joca boa à Drizella!:P

      Eliminar
    4. Um Vista Alegre no prego ainda há-de valer alguma coisa. Caso a costura não resultasse.

      Eliminar
    5. Outra invejosa. Pó caralho é masé.

      Eliminar
    6. Como " caso a costura não resultasse"?

      Tá tudo doido, tá-se memo a ver...


      Eliminar
  2. Sim, senhora... muito lindo, sem dúvida... não te imaginava tão prendada :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes lá, mai linda, tu sabes lá... Faço aquilo, cozinho e ainda bolos que são maravilha.

      Nem sei como ninguém me pega...

      Eliminar
    2. Experimenta fazer vestidos em azul... :D

      Eliminar
    3. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

      Bem metida, Catarina, sim senhores...:))

      Eliminar