25 de julho de 2016

E então ela disse assim #3

-É um génio. E os génios são assim, raramente pensam nos outros de tão concentrados na sua genialidade, o que leva a que quando um se predispõem a estas amabilidades, mesmo que passíveis de altamente ofensivas,  há que perceber-se: É um génio. E pareceu-me preocupado. Comigo. Há que depois fazer-se o estabelecido nos protocolos da boa educação, que é retribuir-se a gentileza, exactamente o que estou fazendo, com a celeridade necessária de modo a que se resolva num instantinho, se sua presença na minha vida é mesmo imprescindível, ou não. Um gajo tem mais o que fazer e almas assim, grandes,(congeminativas d'altas equações matemáticas, daquelas em que EU + Tu= EU, mas que quando explanadas por eles aquilo soa a raízes quadradas e coisas pra lá de muito complicadas, muito out of this world, muito à frente, tipo Dali) têm, a par de com a mais absoluta crença de ser a sua a única visão possível, a curiosa característica de acharem que se não é, devia ser, e ainda aquela permanente angústia, típica só dos maiores, traduzida nas saudades de si e do que deixaram pra trás. São génios. É normal. É neste contexto aflitivo de inconsciências consistentes que a ti recorro, portanto, e pergunto:
- Conheces algum atalho para o "Caralho que Ta Foda"?








Sem comentários:

Enviar um comentário