segunda-feira, 30 de maio de 2016

Agora a sério: o que é que se passa com as pessoas?

Como é que umas bocas aos Transmontanos quase que fecham a página a um humorista e  cancelam concertos ao cidadão cantor,  quando há 20 anos ninguém mandou prender  os indivíduos participantes na produção deste lindo serviço, e lá continuou Cid cantando as suas merdas??







24 comentários:

  1. A minha vizinha é medonha.
    Achas que lá perguntar se ela do Algarve só naquela?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahahahahahaha!

      Acho que se especificares a zona do Algarve, apanhas só daquele zona, que o resto e deve estar a cagar.

      Anda tudo doido, é o que é. Um gajo já não pode ser igual a si próprio e um humorista não se pode rir de um gajo que é igual a si próprio. Não me admirava nada se o próximo presidente se chamasse Adolf. À merda mais a esta paneleiragem toda. Tu acreditas que fizeram uma página "Todos contra o Cid" ( ou lá que raio é aquilo) ?

      Dasssssssssse!

      Eliminar
    2. Tenho de ir ver essa página.
      O cid que se esconda que agora vêm os labregos todos com a enxada na mão para lhe fazer a folha.
      Felizmente não têm dentes, senão acabavam com ele à dentada.

      Eliminar
    3. Penso que se ele tem dito que eram todos burros não haveria tanta contestação.

      Eliminar
    4. Pelo contrário: o burro e animal de trabalho.

      Eliminar
    5. Não lhes chames labregos, Filipa, que ainda te aparece o pessoal em numero equivalente à cena dos ciclistas, pá, e eu tenho o jantar pra fazer não tarda nada.

      Eliminar
    6. O Sr Cid, aquando deste episódio "fotográfico" devia estar com problemas de gazes. Ele bem ligou para a farmácia para lhe mandarem um camião cheio de rolos de gaze para se enrolar. Como não mandaram teve de se tapar com o que tinha à mão, o quadro com o disco de ouro.

      [Gaze(s)- tecido leve e poroso, muitas vezes usado para fazer ligaduras e pensos.
      Gás - substância em estado gasoso, flatulência].

      Eliminar
    7. Epá, agora até parecias a outra a explicar o que era um rail.
      A gente sabemos o que é um gás, uma gaze e uma gazada, está bem?
      Estás a querer insinuar alguma coisa com essa explicação? Hmn?

      Eliminar
    8. Sim. É sempre bom esclarecer o significado e eventuais confusões fonéticas, não vá um diabinho tecê-las.

      Eu acho que ele estava era mesmo convencido que era "aquilo tudo", mas em bom. O "protesto" foi só pretexto.

      Agora imagine-se que o estúdio tinha estores.


      Eliminar
    9. Pois parecia, foi lá que me inspirei, salvo seja. :))))))

      Eliminar
  2. É que agora tem a atenuante da idade. Na altura, não sendo novo, devia conservar alguma lucidez.
    Era suposto ser um protesto pelo choque, porque poucos músicos conseguiam viver só da música, nem de tanga ficavam. Chocou-me, o protesto foi um meio sucesso. Não vejo é o que é que isso contribuiu para a melhoria de vida dos artistas. Penso que nunca como hoje houve tanta pirataria, por exemplo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, numa coisa acertou: protestou pelo choque, e, pelo menos comigo, consegue-o até hoje.
      Nem era preciso tanto.. de só tronco nu já seria o suficiente pra não mais me esquecer, nem dele, nem dos motivos porque alegadamente o fez.

      Eliminar
  3. Essa imagem consegue perturbar-me, every single time :) (e não de uma forma positiva)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim??

      Uma franjinha marota, uns shades todos cool, um sorriso tão sedutor, um anquinha/pedaço de nádega ali toda promissora, pelame por todó lado, e um disco que é o menino da lágrima disfarçado... o que é que há ali pra perturbar de forma negativa?? :P

      Eliminar
    2. A porra do papel de parede medonho, claro!! O que havia de ser?! ;)

      Eliminar
    3. AHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

      Ai caraças, que acho que nunca tinha sequer reparado naquilo...

      Eliminar
    4. Oh, pudera, o resto enche a vista :)

      Eliminar
  4. Bom dia, só passei para pedir que faças um post novo, por favor. Uma pessoa vem aqui incauta, só naquela de ver se há novidades, e conclui que a sua capacidade de sacrifício tem limites. A gente vê o Cid peladão uma vez e arrepia-se, vê duas, vê três a a certa altura já se começa a sentir febril, tal é a intensidade dos arrepios.

    ResponderEliminar
  5. Se me permites, Mirone, junto a minha à tua voz! Comé, Isa?! Ou espetas aqui com uma foto do Tonyzinho Ramos nos mesmos preparos para agradar a todas as minorias, ou não há cá democracia para ninguém!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meninas: Isto foca aqui o tempo suficiente para que se identifiquem com o vosso bom gosto, e depois se arrepiem. Todas. Num arrepio de identificação único, como se fosse um hino, vá.

      Mais logo já vos alivio deste karma. Agora não posso que estou de saída pra coisas desimportantes, mas que me sustentam. Calma. Fé. Esperança. Unidade. Amor. Força. Juntas venceremos.

      E vivam os gazes, os peidos que fazem as pazes. Avé!


      Eliminar
    2. "PEIDOS"???
      Que deselegante!!
      Onde é que vais?

      Eliminar
    3. Permito-me a pequenos pecados de quando em vez, ok?

      Já fui e já vim.

      Eliminar