12 de abril de 2016

Sobre a APAV e tal, e ai que me dói tanto e sou tão vítima, tadinha d'eu, credo...

Convém, digo eu, sei lá, esclarecer os manipuladores curtos de ideias, no sentido de que a  violência on-line não deixa de existir se depois de escrever o insulto o autor o apagar, numa tentativa idiota de eliminar provas. Em qualquer gabinete da APAV é possível obter essa informação. 

Portanto, todo o desvairado que incorrer neste crasso erro, o máximo que consegue é um atestado de estupidez. (Outro).

E é tudo.

PS:Aproveito só para mandar um beijo enorme ao Joka, a todo o contingente da GNR e ao da PJ, bem como um abraço apertadão ao pessoal do Krav Maga. 



68 comentários:

  1. Mau...

    Olha que não tenho bem a certeza, mas acho que isso de estares aí toda irritada comigo on-line,
    pode ser considerado abuso, hã?!

    Não que eu não chegue pra ti, mas sou muito gaja pra ir à procura de várias entidades reguladoras de várias coisas, e espetar com elas aqui, a ver se te amedronto! OUVISTES


    .. Que porcaria. Sempre aos gritos com uma pessoa... JÁ NÃO FICOU ESTABELECIDO, ALI PELA VÍTIMA DE MERDA, QUE SOU DOMÉSTICA?? E QUE TODAS AS DOMÉSTICAS DÃO ERROS?? Porra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A desfazer assim de uma classe??
      Espera aí que já vou chamar a Carla, uma escritora de primeira. Apesar de doméstica.

      Eliminar
    2. Graaaaaaaaaassa! Olha a Filipa aqui a ameaçar-me com coisas, sem eu ter feito nada, pá! Olha!

      Já viste o nível, né? Beijinho.

      (tadinha de mim, tão quietinha que sou, tão natural comá merda, tão cívica, tão íntegra, tão.. ai, cansei).

      Eliminar
    3. A merda é natural porque a comes às colheradas como os iogurtes naturais, né?

      Eliminar
  2. O meu pai mandou um recado: se o contactas, volta-te as costas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O à vontade com que entras em casa alheia, é surpreendente. Sobretudo pra quem modera comentários, não é? Pensas que isto aqui é da Joana, piquena? É que não é, pá. Pra quem se sente tão agravada pelo que aqui se diz, devias era estar quieta no teu canto. Mas lá está a puta da necessidade de atenção que não te dá sossego, né?

      Ai o pápi disse-te isso foi? Humm ... tenho cá as minhas dúvidas.

      Eliminar
    2. Pá, ó Isa, cá uma questão quemapuquenta:

      Parqué que ias contactar o pai se tens aqui a filha à mão?

      Eliminar
    3. Aquela tua fotografia das duas mãos dadas é linda, miúda. Sou grande apreciador de pecuária. É por isso que me comoveu muito aquela foto de uma vaca com o seu corno...

      Eliminar
    4. Mais outra:

      Parqué quias contactar um pai que tivesse uma filhássim?

      Eliminar
    5. Outra:
      Parqué quias contactar o pai de alguém se é alguém que está com angústias contigo?

      Eliminar
    6. Parqué que não mandas o teu email ao pai a ver se a filha te larga a marmita?

      Eliminar
    7. Ó gaja, não ia, óbvio. Só disse que sei o nome do Senhor, que sei, e só porque a filhássim estava convencidíssima que a identidade dela era uma coisa top secret, e não é.
      Contactar o pápi, foi ela que disse e não eu. E disse-o, porque está cheia de medo. Óbvio.

      Eliminar
    8. Tu vê lá isso. É que é uma coisa perigosíssima, essa de alguém nos virar as costas. Diz a quem aconteceu, que custa horrores, que só com drogas é que se suporta.
      E quando quem nos vira as costas sabe magÁ?? ó ó, tu não queiras saber os dias de internamento que tal sorte implica!

      Eliminar
    9. Pelo menos o meu pai ia visitar-me!!! Está vivo e feliz da vida! O teu morto

      Eliminar
    10. Aposto que sim :)
      Qual é o homem que não ia querer ser reconhecido como o pai da puta gorda?
      Eu achava, se fosse teu pai.

      Eliminar
    11. Eu não roubei o marido a ninguém, tu sim!

      Eliminar
    12. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!

      Eliminar
    13. Se for a pagar, não é roubar.

      Eliminar
    14. Eu também.
      Nem sei porque é que a mãe da gaja deu de frosque pá. Com um anime tão simpático pra se brincar em noites de vendaval, e vai e zarpa.

      Eliminar
    15. A mãe não zarpou, estás incorrecta.
      Ela passa bué tempo em casa da filha e esta gosta de ter mãe para muitas coisas, qué lá isso??

      Eliminar
    16. Sabes se a senhora tem um Audi? Ou um Volvo?

      É que se não tem, isso invalida já aqui e agora a tua teoria.

      Eliminar
    17. Sabes se a senhora tem um Audi? Ou um Volvo?

      É que se não tem, isso invalida já aqui e agora a tua teoria.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Opá, tá bem. Se não queres que não saiba, então não sei, pronto.
      Não vou agora contrariar-te antes da hora da medicação, né?

      Eliminar
    2. Não insistas, Isa.
      NÃO SABES!!!
      ACABOU!
      ASSIM NÃO DÁ!!
      Por isso é que ninguém gosta de ti.

      Eliminar
    3. Isa, tem cuidado... olha que nem sonhas o que escrever com letras maiúsculas te pode fazer...

      Eliminar
  4. Grassa Manuel! Pá! Bolas! Menos! Aquilo foi tirado da net, não digas isso dos inocentes enamorados que resolvem postar as suas mão sobre mão, na net!

    ResponderEliminar
  5. Acabei de falar com ele; se for preciso pega-se em 3000€ e contra-se um detective a sério ao invés de telefonemas anónimos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás por um acaso, bichaneca, a sugerir que faço ou fiz telefonemas anónimos..? Hum..?

      É que se sim, olha que isso é que é caso prá GNR ou PJ (já me perdi nestas coisas), sabias?

      Eliminar
    2. Contra-se e acabou, mai nada!
      Há quem contre detectives e há quem contre brúculos e pescada cozida. Blerc, se não fosse a sobremesa estava aqui desconsolada da vida.

      Eliminar
    3. Mas pra que caralho quer ela um detective..?

      Fofo.

      Ó PINK! Contrata-me a mim, que levo bem mais barato e chego lá na mesma!

      Eliminar
    4. "contra-se"?
      Ok, foi a Filipa que disse que se gosta de armar em detective...
      O meu pai prefere pagar e em uma semana dar-me 3 pastas, a do gorduroso, e as vossas

      Eliminar
    5. Wow! Mas assim tipo à filme de acção, deixadas num cacifo numa estação de comboios, com um post-it a sair com o nome de cada um de nós, e com fotos comprometedores lá dentro agarradinhas por um clip?

      Isso é muito bom! Isa, faz o telefonema! :)

      Eliminar
    6. Sim "contra-se", senhora explicadora da merda.
      Vai lá ver como escreveste.
      Credo, nem sabes o que escreves nem escreves o que sabes.

      Eu não disse que gosto de me armar em detective.
      Eu disse que dou uns toques na arte, o que é diferente.

      Quanto ao resto do teu comentário, volta quando tiveres sóbria a ver se o pessoal entende.

      Eliminar
    7. *comprometedoras... isto de escrever à pressa faz-me cometer erros maiores do que o que o teu pai fez...

      Eliminar
    8. Brócolos*
      Peço desculpa pelo lapso, senhora explicadora/socióloga/pedicure.

      Eliminar
    9. Então e o Joka, já não serve, é preciso contratar?

      Eliminar
    10. Acho que descobriram lá na esquadra que o fato de polícia dele é daqueles de Carnaval.

      Eliminar
    11. E o carro? O que tinha escrito em amarelo fluorescente? Queres ver que já estou a baralhar tudo?

      Eliminar
  6. Boa noite que eu vou mandar uma ou duas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manda três, pra ficarmos todos mais sossegados.

      Eliminar
    2. Fazes bem, que a sífilis não se transmite sozinha...

      Eliminar
    3. 3000 balas por 3 pastas. Olha que caralho, querem lá ver?
      Ó Pink, EXIJO que isso seja gasto só comigo, Que merda é esta, pá?!


      Eliminar
    4. Provavelmente, do Quasi Pronti.

      Eliminar
    5. "Wow! Mas assim tipo à filme de acção, deixadas num cacifo numa estação de comboios, com um post-it a sair com o nome de cada um de nós, e com fotos comprometedores lá dentro agarradinhas por um clip?"

      Ai, merda... Grassa, já apagaste..."aquilo"..?


      Filipa! As tuas "fontes"... estão em lugar seguro..?!

      Eliminar
    6. Do Quasi Pronti... AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

      Eliminar
    7. "Contra-se e acabou, mai nada!"

      AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH! Ai caraças que já me doem os abdominais...

      Eliminar
    8. Do verbo contrar. Tem imensa cabidela, sabes lá.

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. "Eu não roubei o marido a ninguém, tu sim!"

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!


    TOP! TOP! TOP!


    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não rias, pá.

      Agora que fui descoberta, como fica a minha reputação??

      Eliminar
    2. ahahahahahahahahahah!
      Não aguento mais.. párem!


      Opá, aquela gaja no fundo no fundo, bem lá no fundo, gosta de nós! Só pode! COMO é que aquela alma aparece por aqui com tanto ramalhete, se fosse ao contrário??

      Caraca.. Como é possível ser-se tão imbecil? É que aquilo não tem fim!

      AHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

      Eliminar
  9. Ó pá... vocês jurem-me pela vossa saudinha que esta criatura não foi "contrada" para vos animar os tascos! Acho que nem as Produções Fictícias são capazes de criar tamanha personagem :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui contrada, só a Isa que quer contactar o pai da múmia.

      Eliminar
    2. E para que quererá ela contactar o criador de tal aberração?! Não estou a ver... ai, espera! Só se for para aprender com os erros, "olhe explique lá como educou a sua cria, que é para eu fazer exatamente o contrário, obrigada, sim?"

      Eliminar
    3. Agora estou ansiosa, porque tenho receio que ele me vire as costas.

      Opás! Ideia! E se eu o abordar pelas costas, hã? O senhor vira-me a frente, né..?

      Eliminar
  10. Olha lá que isso de virar as costas é coisa para ser perigosa... aprende-se no mangá, maga, maggi, ou lá o que é aquela merda?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei lá, pá! Só sei que deve ser uma técnica muito perigosa. Aquilo deve ser coisa pra pôr o outro KO, ali, naquele instantinho.

      Acho que vou optar por lhe pedir pra ele me mandar um mail...

      Eliminar