20 de abril de 2016

Dou explicações de Português. Escoseses, vinde a mim e trazei as bejecas . (Contactar este blog para informações adicionais)


19 comentários:

  1. Respostas
    1. Como tudo nesta vida, Mirone. Por 20€/hora, ensino Português, faço tours por Mafra num Volvo de centralina mexida, e ainda ofereço um saquinho de letras-surpresa, para o explicando depois enfiar onde bem entender, no seu Português escrito, em substituição às que o nosso diccionário disser que são as correctas. É uma promoção de verão.

      Eliminar
  2. Ontem choravas, hoje rosnas...
    Isa, Isa...
    Depois dizes que me bates, não será em ti que queres bater?
    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem eras tolinha e hoje continuas a ser
      Pimk, Pnk...

      Hã..?

      Abraço.

      Eliminar
    2. *Pink, Pink

      (fui fazer uma microcirurgia aos dedos e deixaram-me esta coisa a meio...)

      Eliminar
  3. Tolinha?
    Ou faço-me?
    "O que Tia Isa promete, cumpre" "Vais conhecer as minhas mãos"
    Olha Isa, fica-te bem amares a tua mãe e deixares os tolos serem tolos, estás gasta mulher, nem o amigo grassa passa por cá, nem o JJ, pá... Só quero o teu bem.
    Vai um biscoito de banana, qués?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Tolinha", sou eu a dizer, porque uma junta médica decerto que ira bem mais longe, peschisbéque.
      "O que a Tia Isa promete, cumpre" e cumpre mesmo. Tu é que não há maneira de saires do esgoto, né? E depois a Tia Isa disse-te isso, em resposta (no blog da Filipa) à tua famosa magá, ou lá que caralho é isso, que passas a vida a dizer que sabes e a ameaçar que usas. Ora, se sabes, caraças, porque foges, pois que não é?

      O Grassa retirou-se desta BD - e fez ele muito bem, até porque ninguém o chamou, pra início de conversa - pá, porque tem lá as BD's dele, e isto é coisa de gajas. O JJ, foi à vida dele, provavalmente pelas mesmas razões. Né?

      Mas porquê, sentes-lhes a falta?
      Os teus comentadores não te chegam, é? Tens a renda da casa em atraso, ou assim, pá?! Tu vê lá isso, que se for o caso a malta faz uma vaquinha (com o perdão da redundância), e resolve-te mais esse problema, sim? Tu conta connosco.

      "Vai um biscoito de banana, qués?"
      ...?

      Vai onde, môri..? Não vi nada a passar por aqui..

      Eliminar
    2. "Olha Isa, fica-te bem amares a tua mãe e deixares os tolos serem tolos"

      Espero que concordes que é exactamente isso que tenho feito, e exaustivamente, riqueza de seu pápi.


      Eliminar
  4. Estou farta de dizer a esse cagalhão para mandar a morada, um vez que não se quer deslocar, e ela nada.

    Tanta garganta mete nojo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Descobre a morada. Em querendo falar comigo, estou no meu mail.

      Eliminar
    2. Falar?
      Email?

      ahahahahahahahahahahaha

      Eliminar
  5. Isa, sem qualquer problema. Desculpa.
    A sério desculpa. Não é tua culpa a doença de tua mãe nem que eu não goste de uma amiga tua. Posso parecer muita coisa má, talvez o seja, te garanto estou a ser sincera. Desculpa e sim, a tua mãe é muito amada e com certeza merece. Fica bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha lá, ó cagalhão com pelos, não deves só um pedido de desculpa à Isa.
      O meu pai está morto mas eu não e tenho boa memória para as merdas que disseste de alguém que já não está vivo, pá.

      Maneiras que ou começas a pensar em pores esses dedinhos a mexer ou pela saúde dos meus filhos que sou gaja para te surpreender.
      Como é?

      Eliminar
    2. Não disseste que não voltavas?
      Andor.

      Eliminar
  6. Isa, fui sincera. Desculpa mais uma vez. Não volto ao teu blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como te disse, até me pareceu uma coisa bonita, essa a que fizeste, Pink. Pareceu-me bonito, até depois não teres feito mais nada.

      A minha resposta em post.

      Eliminar