quinta-feira, 7 de abril de 2016

Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)

Quem foi, quem foi, quem foi, que debitou este rosário:

- "Sou grande defensora do fim dos preconceitos e frases feitas contra doenças invisíveis... [...], matam mais que muitas físicas...:("




E rezou este:
- "Até quando a estupidez vai reinar e abafar os verdadeiros valores?"







Mas...




(ouch!)


- "Tal como respeito a mãe da Isa, cagou aquela merda loura, e agora entrou em demência.."



Hum? Hã..? 
1 donut pra quem adivinhar, lá a puxar pelas cabecinhas, vá. 









132 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Pena que uma socióloga não perceba a diferença entre um print screen e uma citação.
    Vai lá ver ao dicionário que a malta espera.

    ResponderEliminar
  5. E de caminho, até porque te assumes autora das frases, explica a coerência entre o que escreves e o que fazes.
    Se conseguires, claro.

    ResponderEliminar
  6. (Acho que vou pedir à minha empregada, a Carla, para quando acabar de aspirar vir aqui. Ela é que percebe imenso sobre regras)

    ResponderEliminar
  7. Ah!, já lá foste colocar o aviso.
    Temos pena, tarde piaste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério que ela foi lá mudar?? Não era mais fácil calar-se, não escrever, não comentar, não respirar...

      Eliminar
    2. Até parece que não sabes o que é que a casa gasta...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Tu és só parva. E burra porque se tivesses um niquito da esperteza que julgas já tinhas tirado os "headphones".

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    6. Uma inteligência tão grande que fazes questão de classificar os animais e os seres humanos em castas distintas. Assim um bocado à laia de meter os vegetais e as árvores em sacos distintos, também.

      Biocentificamente, estás ao nível de um Darwin ou de um Mendel.

      Eliminar
    7. Pois eu cá gostei especialmente de saber que os seres humanos não são espertos, são xico espertos! As coisas que se aprendem... incrível! Estou extasiada com tanta sabedoria! Ao pé disto, qualquer editora que se dedique à publicação de enciclopédias abre falência em três tempos...

      Eliminar
    8. Quero pedir desculpa... aos burros. Por tê-los colocado no mesmo nível de um ser acéfalo.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    10. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    11. Ela adora catalogar coisas. Pena é que padece que dislexia a 100% nesse campo.

      Eliminar
    12. Já agora: seres um patológico caso de estudo num livro sobre desordens neuronais não faz desse livro o teu livro, OK?

      Eliminar
    13. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    14. Eh láááááá... pára tudo! Livro?! Jure!!!! Eh pá, agora fiquei curiosa... versa sobre o quê, concretamente, a sua obra?

      Eliminar
    15. A Be nem sabia da tua triste existência até me teres mencionado lá no teu estrumal. E era muito mais feliz, acredita! Não fales de lavagens cerebrais sem saber o que significa, adianto que não é o mesmo que levar a pileca à lavagem automática.

      Eliminar
  8. Mais uma para a pilha de queixas na GNR e na PSP. Lá se vão as férias deles deste ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Nesse caso, fará queixa a quem desta vez? Ao inspector da PJ / professor de krav magá / Batman nos tempos livres?

      Eliminar
    3. Ao reitor da universidade onde tirou os seus cursos.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Foda-se, mas quem és tu, minha aventesma, para falar de formação? Seja académica, ética, psicológica ou intrapessoalmente, nota-se de forma translúcida que tu não passas de um feto. Uma merda malformada e que ainda tem de comer muita papinha para atingir a maioridade no universo ideológico.

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é. Conheces a criatura, é?

      Quem chegou aqui a reivindicar direitos sobre as palavras citadas de um blog que, por mero acaso, é publico, foste tu.
      Maneiras que se apregoas uma coisa e cagas no que dizes, ao menos que te justifiques a ti própria porque tanto a Isa como eu estamos esclarecidas a teu respeito.
      Tu é que não, ó Carla ;)

      Eliminar
    2. Atenção,Filipa, é "A" Carla, só há uma, têm é 'heterónimos'. Olha, onde é que eu já vi isto?
      Ah já sei, era o Fernando Pessoa.

      Eliminar
    3. Carla, vai uma sugestão de leitura para o fim-de-semana?

      Cá vai: Kanzen Jisatsu Manyuaru.
      Este é o nome original, mas podes sacar uma tradução manhosa do mesmo aqui: http://static.tumblr.com/rjf6xuk/NNHmtl02w/manual_completo_do_suic_dio_.pdf

      Depois, se puseres em prática os ensinamentos apresentados neste livro, não precisas de meter no blog.
      Eu depois logo leio no Correio da Manhã.

      Eliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Uma pessoa que se diz socióloga com tão pouco poder de argumentação e com a educação ao nível dos calcanhares, afigura-se mais fraudulenta que as marcas da feira de Carcavelos.

    Desculpem a invasão, mas não me contive.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O facto de eu dizer muitas vezes que sou psicóloga, não faz de mim profissional da área :)
      Uma mentira repetida até à exaustão não se torna verdade.
      Só chato.

      Eliminar
    2. Completamente de acordo.
      Fui conhecer o canto em questão, e realmente nota-se uma certa classe, tanto nos visitantes, como nos comentários lá deixados. A nata, da nata blogosférica.
      E nem vou falar dos "textos"? apresentados...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  12. E chega a ser admirável a coragem da personagem, faz-me lembrar um antigo treinador do Sporting que afirmou, depois de mais um resultado miserável da sua equipa e perante a contestação dos adeptos: "Estou todo negro, mas com vontade de levar mais"...
    Mais uma vez vos agradeço o final de semana "animado" :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Retiro o que disse, não é coragem, é falta de noção mesmo... e dignidade!

      Eliminar
  13. Olá a todos! Cheguei, e aproveitando a correnteza de merda aos quilos com que o dia me tem presenteado so far, apraz-me dirigir-me muito sucintamente à confusa Pink Poison, no sentido de, de entre a tanta bacorada com que já aqui conspurcou a minha taberna, ainda não ter esclarecido o pessoal sobre a razão daquela absoluta discrepância de posturas - refiro-me às frases que citei em post - se aquilo é o costume nela, se é o que ela entende por ser-se "diferente", ou se são só cenas que ela manda pró ar para atrair comentadores, uma vez que depois, em blogs alheios, é o que se vê aqui, nesta caixa. ou na outra, onde fui buscar aquela última frase dela.

    Aguardando por uma resposta que se espera, pra variar uma beca, assertiva, resta-me agradecer aos meus amigos que seguraram e asseguraram aqui o meu espaço: Vós rule, sois do best, muito obrigada.

    ResponderEliminar
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Pink Poison, não gosto de quê, sabe dizer-me? De forma fundamentada, se não for pedir muito?

      "A Filipa, eu percebo, é para ter assunto no blog dela, o seu, um blog oco de ideia (parava ou menos parvas não entendo, deve ser porque não andei na Universidade certa)". Está familiarizada com o conceito de não frase? Faz parte dos currículos do 1.º e 2.º anos do ensino básico.

      Eliminar
    3. Deixa lá a Mirone sossegada, e essa cena dos feeds. Tomara tu, gaja, seres 1/3 da sombra da Mirone.
      Deixa a Filipa e mais essa obsessão que tens em relação a ela. A Filipa posta, e tu és a 1ª a chegar, essa é que é essa. Querias tu que o teu blog tivesse a visibilidade do dela, ou ainda mais, tomara tu lhe chagares aos calcanhares, em personalidade.
      Tens sempre que fazer reparos a 3ºs quando estás a falar com uma pessoa, porquê? És tu e eu, gaja. Tu e eu. E assim sendo, meteste de novo o pé na argola, muito gostas tu disto. A ver se percebi: Eu, sou a minha família, certo? Acho-te uma merda, e digo-te com frequência porque acho mesmo e a prova está toda ela só aqui nesta cx, e tu, como és uma pessoa equilibrada e com os 5 bem medidos, vai de ripostar apelando a doenças familiares, porque foi assim que te educaram, é isso? Queres então dizer, pessoa, que será perfeitamente normal e admissível, se eu começar aqui a inferir teorias sobre a tua família, é isso? Ou que, se a minha vizinha for um estupor, é muito bem feito que o marido lhe esteja a morrer de cancro. Percebi bem?

      Sobre os "ataques", ó melher, tu cala-te com isso do "1º", pá. Cresce. Andavas por esta bloga a desatinar com tudo que mexesse e calhaste em encontrar uma Filipa, que até gosta de elementos como tu, que lhe dão um gozo desgraçado. Depois vim eu, que por alguma razão somos amigas, né? Temos afinidades e essa é uma delas. Mas ainda que o ataque "1º" tivesse partido de uma de nós - que não partiu- está-me cá a parecer que saltaste a parte da sociologia que explica aquelas cenas dos limites. Até onde um gajo pode ir, sem correr riscos, 'tás a ver?

      Resumindo, tu defendes é uma merda. Tu defendes-TE. À pita. À desgovernada mental. À sem sentido nenhum. À "vale tudo", porque deve ter sido assim que te ensinaram, em casa, e deve ser a essa diferença que tu levantas altares. Mas olha que estás enganada, hã? E cá estamos nós, no caso eu, pra to provar.

      Já te disse, ameba: enquanto não houver um pedido de desculpas público, conta comigo pra te desmontar. Sempre.

      Agora põe-te a mexer.

      Eliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Zero de capacidade argumentativa. Repetitivamente impressionante... :)

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. O vírus da SIDA devia estar distraído quando andavas por aí a dar a cona ao desbarato...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Acredito que sim. Só deves ter dado a honra de te tratarem como um saco de carne aos que não tinham qualquer tipo de padrão.

      Porque convenhamos: se há quem precise de pagar para foder uma merda que nem dada eu fodia, isso diz muito desses selectos senhores... :)

      Eliminar
    5. Piquena, a minha Mãe demente (mesmo demente) faz uma data de tus, no teu estado supostamente "normal".
      Já aprendias a argumentar como deve ser.

      Por desmontar, entende patrulhar-te os posts, aquela porra a que chamas blog e tudo o que sequer me cheire cheirar a ti. Não vai ser difícil, porque o teu odor é feroz em inocuidade.

      Depois, quando eu souber o que me falta saber sobre ti ( é pouco) apresentar-me-ei à tua pessoa e então aí a gente vê isso da força e o caralho. Ok?

      escreveste um livro? Sério??

      Como se chama, pá? Está à venda onde? Escreveste mesmo, ou aquio eras só tu a reinar?


      Vou ter que sair de novo, mas tu continua, hã? Sou toda olhos para o que escreves.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas então diga lá o título do livro e já agora o seu nome, ou o nome com que assina... Com certeza não me está a ver a dirigir-me ao livreiro a pedir o Livro da Pink Poison... ou simplesmente da Pink...

      Eliminar
    2. (Ainda não fui)

      Então não sabe Catarina?! A gente entra numa livraria, e pergunta: Têm o livro daquele absurdo em forma de gente? Ai... como é que se chama..?

      E eles sabem logo ao que nos referimos.

      Eliminar
    3. Ai uma doméstica, por sê-lo, é uma merda? Tanto que me contas!

      A tua Avó não era uma doméstica?

      Mas são todas, ou só eu? É que te explicas bué da mal pá...

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Depois há outra coisa que num entendo: Se és assim tão destemida, porque te escondes tanto? Porque tentas (sim, só tentas, cocó), confundir as pessoas, com estou aqui ou ali? Porque não te aprumas e apareces, pá? Atão mas não sabes lá aquea merda do Kravputaque pariu, ou lá o que é aquilo?

      Eliminar
    6. Monte merda que, como toda a gente sabe, fica na cordilheira de atrasadices que te saem da boca...

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo, tudo, assim tuuuuuuudo, não sei. Ainda.

      Mas o nome do teu Pai já cá canta. Olé.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Mas então ninguém diz como se chama o raio do livro?! Ora bolas, estava aqui ansiosa para sair das trevas em que me arrasto e mergulhar no mar de luz de sapiência que deve ser o catano do livro e ninguém me indica o caminho?! Pá, não se faz...

      Eliminar
    4. Isa, se não diz no blog dela que ela não permite a partilha do nome do pai dela, podes dizer quem é à vontade. :)

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    6. O pobre homem já pagou pelos erros do passado, não o sujeitem a mais esta provação que é a de se ver ligado a uma espécie de pornochachada barata.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    8. Quem diz é que é! O meu pai é o polícia do universo! Cheiras a chulé!
      Ahahahahahahahahahah...

      Eliminar
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que avalio a utilidade... se o papel for macio... quem sabe!

      Eliminar
  21. Que volte-face inesperado (só que não), este apagão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, não é?
      Também estou a fazer o mesmo, a ver qual é a cena de escrever para depois apagar.

      Eliminar
    2. Opa, assim n brinco. Isto dos comentários apagados n tem graça. Não percebo nada do que se passa para aqui :)

      Eliminar
    3. Porra, então tenho um trabalhão desgraçada e recolocar os comentários apagados e tu dizes que não tem graça??

      Eliminar
    4. É só espeta-los onde bem entendermos, pá! Assim comássim, fazem tanto sentido aqui como acolá, sempre podemos brincar ao "E se fosse aqui?", e rir mais uma beca.

      Eliminar
  22. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Não leste as regras do meu blog? Não há permissão para este tipo de coisa, print street... Mas como precisas desesperadamente de falar de mim sempre, eu desculpo.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 08:47

    ResponderEliminar
  23. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Screen*

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 08:48

    ResponderEliminar
  24. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Ou Copy paste... Mas vá, fala de mim

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 08:50

    ResponderEliminar
  25. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    A Carla agora é tua empregada? Porreiro. Explicar-me? A ti, Filipa? Tinha piada. Bom fim de semana

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 11:27

    ResponderEliminar
  26. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Engano seu.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 11:28

    ResponderEliminar
  27. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Até a Mirone tem cultura hoje pasme-se!

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 12:28

    ResponderEliminar
  28. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    E tu Filipa ? Que curso tens? Em que área te formaste?

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 13:09

    ResponderEliminar
  29. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Bem enquanto eu respirar incomoda? Sou mesmo uma gaja importante ó macaquinha

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 13:13

    ResponderEliminar
  30. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Em nada, como eu esperava

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 13:30

    ResponderEliminar
  31. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Boa tarde Isa.
    Aquilo que citaste é aquilo que eu defendo.
    Mas não defendo caso sejam pessoas que me atacam de todas as formas e feitios.
    Portanto, defendo sim que os preconceitos contra as doenças invisíveis deviam acabar e estas terem mais tipos de ajuda mas não defendo as famílias que quem me ataca. E eu não te ataquei primeiro. Bom fim de semana.


    Um recado para a Mirone: se não gosta porque insiste em ter-me no feed? A Filipa, eu percebo, é para ter assunto no blog dela, o seu, um blog oco de ideia (parava ou menos parvas não entendo, deve ser porque não andei na Universidade certa)

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:04

    ResponderEliminar
  32. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    *de quem me...

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:05

    ResponderEliminar
  33. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Toda negra ou não, chego para vocês todas, já reparou?

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:06

    ResponderEliminar
  34. Respostas
    1. Devo-te um lanche, gaja. Está prometido.

      Eliminar
  35. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Foi ao meu canto e não gostou? Olhe então não volte. Com tanto blog de tão bom gosto por aí. Boa tarde

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:07

    ResponderEliminar
  36. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Eu não me digo Socióloga, tenho 2 diplomas que o comprovam, querem ver? mandem mail

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:08

    ResponderEliminar
  37. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Ah, ah, ah!



    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:08

    ResponderEliminar
  38. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Esperteza?
    Esperteza têm os animais
    Os seres humanos ou são xicos espertos ou são inteligentes. Eu sou inteligente.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:09

    ResponderEliminar
  39. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Mas percebe imenso de comportamentos em grupo: tu sem o teu não dizias um "ai"

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:10

    ResponderEliminar
  40. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Fui educada contigo, afinal és mesmo uma poia cagada por uma demente

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:36

    ResponderEliminar
  41. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    A que publicou há 4 anos o meu livro, está aberta e a funcionar...

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:38

    ResponderEliminar
  42. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Be, vai lá ao bilhar grande, lavaram-te o cérebro e tu deixaste, querias o quê?

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:39

    ResponderEliminar
  43. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    E pensas que me desmontas? Oh pá adoro essa genica, é como o outro que me quer morta mas nem sabe como, só por mail.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:40

    ResponderEliminar
  44. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Era uma perca de tempo, Mafra só se aproveita o Convento. Não aconselho.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:42

    ResponderEliminar
  45. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    São amigas?!
    Não conheço nenhuma...
    Se estou gasta ou não isso é comigo e com quem me monta.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:43

    ResponderEliminar
  46. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    E tua é?

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:45

    ResponderEliminar
  47. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    A verdade é que fui muito selectiva.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:45

    ResponderEliminar
  48. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    O que tu afirmas, é só aquilo em que acreditas... O que eu afirmo, posso provar.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:47

    ResponderEliminar
  49. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Isso será um coisa a discutir com quem me comeu.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:49

    ResponderEliminar
  50. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Isa, és um monte merda que aí anda, uma doméstica, digamos assim... olha vai a uma livraria, o meu livro está lá. se quiseres ver os diplomas manda mail, falta-te saber muito de mim. Podes estar à minha frente, saber que sou eu e eu voltar-te as costas e nada podes fazer. Civilização. Aliás com a correrria, tinhas que adivinhar se estou a sul ou no centro...

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 16:52

    ResponderEliminar
  51. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    A isa sabe tudo sobre mim. Pergunte-lhe.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 17:07

    ResponderEliminar
  52. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    A minha avó? Não. Nenhuma delas.

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 17:08

    ResponderEliminar
  53. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Monicas? Continua!!! Sofia? Silva? AH AH AH
    XICA ESPERTA

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 17:42

    ResponderEliminar
  54. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    não é pobre

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 17:44

    ResponderEliminar
  55. ahahahah!

    Filipa, cá bracito, pá! Reposição de todos os comentários (ó que estranho!) apagados pela autora - num acto perfeitamente condizente com a personalidade do mesmo - assim como quem mostra,
    à cara pôdre, quem é que manda aqui.


    Pink, gaja! Vai-se a ver que ninguém sabe do teu livro, não se encontra não se conhece, porque às tantas fizeste-lhe o mesmo que aos teus comentários aqui. Hã? Será? Eu cá acho que é o mais certo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah! E sabes aquilo que aconteceu à tua amiga "Miúda"? Aquilo que postaste? Poisé. Pensa lá se não lhe terá acontecido isso, pela merda de amiga que és.

      Eliminar
  56. Lamento mas madame ana vai de fim-de-semana com o esponso e até segunda-feira não vai estar disponível para responder a nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla, boazinha?

      Fá mal. Eu espero que ela saia da casa de banho e regresse ao sofá da casa de onde não saíu e onde mora sozinha. No problema.

      Eliminar
    2. Só falta dizeres que não há livro nenhum!

      Eliminar
  57. Pink Poison deixou um novo comentário na mensagem "Adivinha! (sem ajudas do Google, hã?)":

    Verdade. Venha de lá o nome do meu pai

    Publicar um comentário.

    Cancelar subscrição para comentários nesta mensagem.

    Publicada por Pink Poison em Em jeito de memória a 8 de abril de 2016 às 17:17

    ResponderEliminar