terça-feira, 29 de março de 2016

Continuando o ensaio fotográfico para apuramento da foto certa com a qual pretendo participar no tal concurso

Aqui estou eu, ainda dividida entre as tantas inclinações de que meu cuore sofre [ e isto parecendo que não é, realmente, uma cruz, para além de me deixar uma beca enjoada ] pois que penso em tudo o que me faz vibrar cá por dentro, e é um "ai ... ai ... e  então e se for um gambozino..? hum ... na ... vou antes fotografar uma paisagem com muitos barquinhos num mar ... ou uma planície...? ...já sei! o furúnculo que tenho aqui a despontar na nádega, qual kilimanjaro destemido!" e é isto, noite após noite. Olheiras até ao queixo, perdida em indecisões, por entre as quais se me vão alumiando hipóteses. Hoje foi esta.

-Atão e se for a deliciosa pig que o meu irmão tem lá na sua propriedade Alentejana, aquela pândega que adora chafurdices, de seu nome pig poison e qué quase igualinha a esta?!

Hã...?:D

É fofa ó quê?! Não é a coisa mai gôda, mai xodó, mai uinda, mai teligente, mai oinc-oinc, que uma pessoa já viu neste mundo todo e arredores?!




Caralhos ma fodam se não ganho aquela treta do gloss!

14 comentários:

  1. Porque meus Pais me amaram muito...<3

    E meus Avós. E meus Primos. Tinham total confiança em mim, eu podia
    rebentar cas cercas todas, roubar o farnel aos outros bichos, que eles sabiam
    que aquilo era só eu a ser uma levada da breca.
    Um dia, na adolescência, até pinei co cavalo anão lá da herdade e eles compreenderam. Perceberam que aquilo era só uma antecipação da e para a minha tese...:)

    ResponderEliminar
  2. Claro!

    Devido à total confiança em mim depositada, e ao peso dessa mesma confiança, fiz questão de chagar a faculdade e tirar vários cursos. Assim, tipo, PIMBAS! In your face!
    Também não sabia o que mais fazer comigo, e tinha ali a cena do pinanço a martelar-me o Teco. ( O Tico passou esse tempo todo a apanhar amoras no quintal da vizinha).

    Tive vários acidentes de percurso, uns figurativos outros mesmo à séria, hã?
    Um dia tive um tão violento, e era a família toda a agradecer por o tractor ser o meu melhor amigo, pois que me impediu de ter a cara inteira (??)

    (Não perguntes nada, nunca os entendi nem me acho assim tão feia...)

    ResponderEliminar
  3. Se fores como eu, até as árvores têm inveja de ti.
    Impressionante, não me deixam seguir com a vida para a frente.
    Só pa tras.

    ResponderEliminar

  4. Comigo é as árvores, as blogueiras invejosas e toda uma parafernália de assuntos a que,
    carinhosamente, chamo de "isso".

    Estou sempre 3 passos atrás de mim própria.

    Inda hei-de aprofundar o que isto quererá dizer, em Psiquiatria...

    ResponderEliminar
  5. És a tua própria sombra, é isso?
    Pelo menos antes do meio-dia.

    Acho que isso tem mais a ver com Jung.

    ResponderEliminar
  6. Deixa-te de cenas que não podes participar com fotografias de outras bloggers, a Filipa disse, animais, sogras e cenas que não incomodem os prédios. Bloggers nada!
    Se é por causa do gloss, caso as minhas tartarugas ganhem, eu deixo-te ficar com o prémio.

    ResponderEliminar
  7. Pode sim, eu disse "qualquer coisa" e um blogger é qualquer coisa.
    Umas vezes coisa boa outras, enfim.

    ResponderEliminar

  8. Epás! A minha pig poison não é blogger nenhuma, hã?! É uma pig na verdadeira acepção da palavra, carago! Cá agora confusões com encaralhadas que não têm ponta por onde se lhes pegue, é que NEM ADMITO.


    Beeeeeeeeeeee! As tuas taugas são o máximo, pá.. dá-lhes umas beijocas por mim!



    Pipa, Filipa, faz o favor de não me desmereceres. Imagine-se se ia pôr em meu blog - neste santuário à paz e fraternidade - qualquer coisa sequer remotamente parecida com blogueiras de trazer por casa, viciadas em sites manhosos.
    Fogo.
    Agora magoei.

    Já não vos amasso (vos) a nenhuma de ambas as duas.

    ResponderEliminar
  9. Vais adonde?

    Tens um rendez-vous com o sindicato do arvoredo?

    ( primeiro paga as quotas!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Num Ibiza com a centralina mexida já deve ter ido e regressado ao Algarve.

      Eliminar

  10. Dependendo do poder de sucção do carro que vai à frente, aquilo até talvez tenha sido coisa pra lhe ter dado tempo pra uma bucha, de caminho. Ou várias.


    (Sei destas coisas porque tirei dois cursos em Engª Mecânica. Dois. Em áreas distintas. Porque pápi disse que dois na mesma área era (mais) desperdício de tempo à faculdade. Pápi é muito inteligente. Gosto muito de pápi. Amo-o, mesmo).

    ResponderEliminar