terça-feira, 13 de outubro de 2015

Por motivos de andar uma gaja com a paciência do tamanho d'um pirilau saído de águas antárticas

Estou a pensar em fazer uma petição, no sentido de convencermos a Bárbara a dizer o "sim".

Peço ajuda para o teor do texto, nomeadamente se a levamos a bem ou a mal, se é de se lhe oferecer
qualquer coisita, se sim, o quê, se prometemos começar a tratar já das consultas psiquiátricas, ou se de um bom apoio jurídico para o caso da coisa acabar mal, tipo em sangue e isso, e etc.

Por favor, e (MESMO), muito obrigada.



8 comentários:

  1. Anda uma pessoa a fazer links, pra nada, pá, bolas.
    Trata-se da Bárbara do Chagas Freitas, maméne.

    E como "outra vez o Carrilho"? Quando é que essa cagadela da Humanidade foi
    nomeado num blog meu, hum?

    ResponderEliminar
  2. Honestamente acho o Carrilho mais interessante que o Chagas, essa badana na literatura de cordel.

    ResponderEliminar
  3. Não tens um passe VIP? Isto d'um gajo ter que provar constantemente que não é robô é ligeiramente insultuoso.

    ResponderEliminar

  4. Ligeiramente, és tu a ser simpático.
    Além de insultuoso é estúpido, que nem se percebe qual o sentido daquilo. Mas olha, se te serve de consolo, eu também tenho que provar que não sou um robot... Imagine-se!

    Assim que descobrir como é que me livro daquilo, faço-o, ok?
    (Aponta pra 2021)


    ResponderEliminar
  5. Hahaha
    Já sentia falta destes vossos diálogos!!! 😃😃😃

    ResponderEliminar

  6. Olhá Carla! Tás boa, mai linda??

    Hei-de estar a morrer, e ali o cara-pálida a implicar comigo.

    Sina a minha, caraças...

    ResponderEliminar
  7. Carla, vê lá tu, há gente que se queixa do bem que lhe querem. Não há pachorra.

    ResponderEliminar