quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Marketing, a minha vocação

Está a pensar mudar de casa, de carro, de marido/mulher, namorado/a..? Está triste, deprimida/o, incompreendida/o? Sente que o/a  seu/sua  parceiro/a já não a/o valoriza ou satisfaz?
Tenha calma. Antes de se precipitar em decisões, saiba que já há uma resposta para isso.


Poliglota. Elegante. Educada. Gentil. Para já,  só em moreno. Sempre disponível. A solução para os seus problemas, e explicamos porquê:

-Para si que é mulher e nota no seu companheiro aquele olhar queixoso, sofredor, quase moribundo, ou o sente revoltado e a ler muito sobre poligamia, com grandes tiradas intelectuais sobre o quão imbecil é a sociedade que estabeleceu que assim é que tem que ser, não espere mais: Compre uma Coco, e verá uma súbita e agradável  transformação no seu seio familiar.
Espete-lhe com uma Coco lá em casa, adquira quilos de artigos bondage e passe a ver a sua novela sossegada, sem ciúme, ou qualquer outro tipo de receio que a deixe insegura. É a Coco. Ela não está ali pra roubar ninguém a ninguém, a Coco é de facto, a sua melhor amiga. Faça dela uma extensão de si, e acabe com "as dores de cabeça", "hoje não que estou com o período", ou " aí??.. hã..?..mas tás parvo ó quê??", acabe, enfim, com todos os atritos ou fricções derivantes do comum a duas personalidades distintas, que, por força de um compromisso outrora amoroso, periga agora por vias do desgaste. Transforme a sua vivência numa doce realidade que se resumirá a:

- Opá.. Pede à Coco.



Simples assim.
Grite um basta! às terapias de casal e/ou os gastos exorbitantes, com expectativas em resultados que dependem de outra vontade e QI emocional para além do seu. Agora há a Coco, que lhe faculta ainda outra vertente imperdível; a possibilidade de observar o seu companheiro, sob o espectro da psique. A Coco é um "uma data deles em um" fantástico, e exemplificamos:

- Vê o seu parceiro em conversas com a Coco, para além do comum nele? ( aka "dói-me...", "quero..." "ainda não está??", "agora não posso", "sim, depois em vejo", "EU....") ?
- O seu parceiro recorre sexualmente à Coco com mais frequência com a que considera normal e/ou desejável?
- Telefona à Coco?
- Apresentou a Coco à mãe?
(Nota muito importante: NUNCA tire as pilhas à Coco. Ela é que é o andróide)

São estas só das muitas facetas que poderá passar a analisar, para concluir, com a clareza e assertividade requerida a estas situações, sobre o que realmente tem em sua casa. A decisão de fugir ou ficar é, naturalmente, sua, mas agora sem incerteza nenhuma susceptível de vacilos. Se fica, lá estará a Coco e o seu ombro - onde chorará a sua paspalhice - e, espera-se que muito em breve, com um chip extra, de informação completa sobre os serviços psiquiátricos mais próximos da sua área de residência, se foge, a Coco ajuda-a a fazer as malas. 

Está ainda programada para interagir em discussões acérrimas sobre futebol (1ª liga, 2ª liga, Platini, foras de jogo, pénaltis e UEFA) com a vantagem de manter uma postura sempre digna e composta, permitindo-lhe, desta forma, tempo e espaço para recuperar a sua, quando já não puder ouvir o seu badocho d'eleição. 

Está à espera de quê? Encomende já a sua Coco, antes que esgote. Não queira ser a única desgranhada de pele macilente e olheiras, entre as suas amigas!

Agora...
-Para si que é homem  (Com uma piscadela d'olho, que sabemos perfeitamente serem desnecessários mais incentivos para além dos supra mencionados):

É do sexo feminino, MAS : Só fala se falarem com ela. Não contesta. Não pergunta. Não amua. Não patrulha o seu facebook.  Você é sempre lindo. Tem sempre razão. Faz sempre bem. O tamanho é o ideal. 

Isto tudo e mais a fascinante possibilidade da concretização do seu sonho até ora mais inalcançável, o seu el dorado mais cintilante - o seu pequeno harém. Sem resmungos, trombas, desconfianças ou o pior pesadelo de todo o homem, a negação de sexo, e tudo isto ( oremos irmãos!), na mesma casa. 
Acabe com a mentira, com o peso na consciência, com as horas extra, com o "muito trabalho", com a correria de um lado para o outro, com os números codificados no seu telemóvel, assuma uma "amiga" que é mesmo sua amiga, com a imensa benesse da benção de sua companheira. Pense em todo o potencial contido em uma só Coco. Pense nos tresomes! Na imensa vontade de regressar ao lar, após árdua jornada de trabalho! Desafie-se! Faça o até agora jamais feito! PENSE! *

Está à espera de quê, para pensar? Queira ser o 1º entre os seus amigos a fazê-lo!





*Muito. Mesmo muito. Em virtude de termos agendado para 2028 (mais coisa menos coisa), a versão masculina da Coco. 


5 comentários:

  1. Isto é já a pensar no Natal?

    Irei reler com mais atenção, mas a Coco parece-me transexual.

    ResponderEliminar
  2. Ela é o que quiseres que ela seja!

    Não é fantástico??

    ResponderEliminar
  3. É tremendo!



    Apesar d'o texto ser um esbanjamento de talento. Vem aqui um gajo, copia isto, chama Coco a um molho de vinagrete, ou sex lube, e ganha milhões.

    ResponderEliminar
  4. Ohhh.. Bgdus....:)





    És minha testemunha que escrevi primeiro! Deixamos o gajo ganhar o guito, e ´pois é que o processamos por plágio, ok?

    Dou-te 10 pecento. Vale? Qué pra ires às Maldivas ver das Ninfas.

    ResponderEliminar